domingo, 30 de maio de 2010

Para refletir!!!!!

"Deixa que a fé em Deus te ilumine a visão para que te reconheças no lugar de servir. Indubitavelmente, perceberás a série dos desafios que te rodeiam: o lar talvez difícil, entes amados na desvinculação violenta, incompreensões à mostra, ocorrências que se vestem de lágrimas... Entretanto, não te convertas em tuba da aflição. Tumulto adia em nós a conexão necessária com a Providência Divina. Ama e auxilia sem alterar-te.
A rosa acabará florescendo no espinheiral. As estrelas surgirão varando as trevas. Deus está agindo. Na construção da felicidade, onde a provação apareça não te lamentes nem reclames. Dá o teu toque de amor e Deus fará o resto."

MEIMEI

Cesta de nobreza - Jacqueline Collodo Gomes

Uma senhora foi à feira para comprar verduras e legumes. Ela queria preparar um ensopado especial de almoço para o marido que estava aniversariando naquele dia.

Depois de fazer o longo trajeto da casa à feira, rapidamente ela escolheu as verduras de seu gosto e foi até uma barraca onde estavam expostos diversos tipos de legumes e frutas.

Uma amiga se aproximou puxando conversa. A senhora, colocando mais atenção na conversa do que no que estava fazendo, apanhou uma bandeja de caquis maduros acreditando que estava comprando tomates.

Consultando o relógio a senhora percebeu que a proza tinha sido mais longa do que pareceu. Apanhando as sacolas depressa e sem conferir o que tinha comprado, ela correu para casa. Começou a cozinhar sem demora. Estava quase tudo pronto e o marido prestes a chegar. Só faltava picar os tomates para misturar ao ensopado de carne... Foi então que ela se deu conta do seu engano. Não havia mais tempo para correr à feira ou à algum mercado. O marido já estacionava o carro na garagem. Ela suspirou, triste. O ensopado de aniversário não seria tão especial assim, afinal.

Fazer várias coisas ao mesmo tempo pode nos prejudicar porque acabamos nos atropelando e não conseguimos colocar toda a nossa atenção e concentração em cada atividade, individualmente. É assim que se originam os mal-entendidos, as verdades distorcidas (ou dependendo do grau com que a verdade é substituída por outra história, as mentiras) e as confusões.

Precisamos colocar nossas mentes junto com a situação do momento, com a atividade que estamos exercendo para podermos corresponder ao trabalho que precisamos fazer ou falarmos corretamente a respeito do que presenciamos afim de que ninguém saia prejudicado, constrangido, ou com uma impressão ruim sobre nós.

Mas independente do que aconteça que nos leve a trocar tomates por caquis, podemos sempre consertar a situação. O caqui é um fruto doce que pode ser utilizado no preparo de deliciosas sobremesas. O erro, a escolha errada, também pode ser transformado com um pedido de desculpas e a iniciativa de se agir de maneira diferente dali por diante.

Aproveite os caquis que estão nas suas mãos. Corrija os erros que você cometeu. Faça uma doce e deliciosa compota de honestidade, verdade e nobreza.

O DIA DO HOMEM !

Vocês acham que é fácil ser homem ????
Estamos iniciando uma campanha para a instauração do Dia Internacional do Homem.

Já existe o dia da mulher, dia do cachorro, dia do gay e até o dia do vizinho....!!!

Porque não o Dia Internacional do Homem ???

Quem é obrigado a erguer os pés quando ela está fazendo faxina?
R- O prestativo homem!

Quem se veste como um pingüim no dia do matrimônio?
R- O humilde homem!

Quem é que apesar do cansaço e do stress jamais poderá fingir um orgasmo?
R- O sincero homem!


Quem é obrigado a sustentar a amante esbanjadora?
R- O abnegado homem!

Quem se expõe ao stress por chegar em casa e não encontrar a comida quentinha, as crianças com banho tomado, as roupas lavadas, a cozinha limpa, e o drinque já colocado sobre a mesa?
R- O doce homem!

Quem corre o risco de ser assaltado e morto na saída da boate, cada vez que participa dessas reuniões noturnas com os amigos, enquanto a mulher está bem segura em casa na sua cama quentinha?
R- O desprotegido homem!


Quem é o encarregado de matar as baratas da casa?
R- O valente homem!


Quem segura a "cauda do rojão", quando chega
em casa com marca de batom na camisa, e é obrigado a dar explicações que nunca são aceitas?
R- O incompreendido homem!

Quem é que toma banho e se veste em menos de vinte minutos?
R- O ágil homem

Quem é que tem que gastar consideráveis somas
em dinheiro comprando presentes para o dia das mães, da esposa, das secretárias e outras festas inventadas pelo homem para satisfazer à mulher?
R- O dadivoso homem!


Quem jamais conta uma mentira?
R- O ético homem

Quem é obrigado a ver a mulher com os rolinhos
nos cabelos e a cara cheia de cremes?
R- O compreensivo homem

Quem tem que passar por uma TPM calado todo mês?
R- O calmo homem

A tortura de ter que usar terno no verão...
O suplicio de fazer a barba todo dia... E mais:
O desespero de uma cueca apertada...
Viver sob permanente risco de ter que entrar numa briga...
Pilotar a churrasqueira nos fins de semana enquanto todos se divertem...
Ter sempre que resolver os problemas do carro...
Ter a obrigação de ser um atleta sexual...
Ter que notar a roupa nova dela...
Ter que notar que ela mudou de perfume....
Ter que notar que ela trocou a tintura do cabelo de Imédia 713 para 731 louro bege salmon plus up light.

Ter que notar que ela cortou o cabelo, mesmo mesmo que seja apenas um centímetro
Ter que jamais reparar que ela tem um pouco de celulite....
Ter que jamais dizer que ela engordou,
mesmo que isso seja a pura verdade...
Ter que conversar sobre aplicações,
debêntures, dólares, commodities, marcos,
CDBs e RDBs mesmo que o seu salário mal dê para chegar ao final do mês...


Trabalhar pra cacete em prol de uma família que reclama que você trabalha pra cacete...

Depois elas ainda acham que é fácil,
só por que nós não menstruamos ....

Deus abençoe o santo homem.......

Ajude-nos a divulgar essa mensagem para
acabar com o sofrimento do pobre homem.

FANTASIA DO NEGÃO ...

O negão chega pra esposa e fala:


- Mulhé, faz uma fantasia pra mim que sexta tem baile no trabalho e eu quero abafar.

No dia seguinte o cara chega e em cima da sua cama tem uma fantasia do Super-Homem, com capa e tudo, que sua esposa fez na medida. E ele reclama:

- Cê tá maluca, mulhé? Eu sô preto! Cumé que eu vô de Super-Homem? Já viu Super-Homem preto, sua cretina? Trata de fazê outra fantasia pra amanhã.

No dia seguinte, ele chega e tem uma fantasia do Batman, que a mulher fez com a maior dificuldade, mas no capricho. E ele mais uma vez:

- Vai sê burra no inferno, porra! Por acaso cê já viu Batman preto? Se eu vesti essa merda, todo mundo vai me gozá!!! Faz outra fantasia, que a festa é amanhã e eu quero tá nos trinque!

Quando chega em casa, depois do trabalho, ele vê três botões brancos bem grandes em cima da cama, um cinto branco e um pedaço de pau. Não entendendo nada, ele pergunta pra mulher:

- Que porra de fantasia é essa?

Ela responde:

- Você tem três opções: pode colocar os botões no peito e ir de dominó, pode colocar o cinto branco e ir de biscoito negresco e, se não gostar de nenhuma das duas, enfia o pau no cu e vai de Chicabon.....
.

Mensagem interceptada entre duas amigas!!!!!

Se eu ligasse pro meu namorado e ele atendesse assim:

"Escuta aqui você! Eu tô na casa de um amigão, tô tomando um cervejão, tô jogando um poquerzão e não vô agora não!!"

...eu responderia:


Relaxa amor, só liguei pra avisar que eu to na casa da vizinha, tomando uma caipirinha, tá rolando a maior festinha, vou chegar de manhãzinha.''E a propósito, não vou dormir sozinha!!!!









--

> AS DUAS CAMINHONETES

> Certo dia, um pai deu ao filho dinheiro para
> pagar as contas de LUZ e de ÁGUA.
>
> Era o último dia para pagamento, antes do corte.
> Também era o último dinheiro do mês.
>
> O filho na rua viu uma propaganda de um jogo:
>
> 'COMPRE UM BILHETE E CONCORRA A 2 PICK UPs
> ZERINHAS!!!..
>
> O garoto pensou:
>
> - 'Eu poderia ganhar esses 2 carros! E deixar meu pai com um carro
> e dinheiro sobrando'
>
> Então com o dinheiro das contas comprou vários
> bilhetes.
>
> Chegou a casa, desviou-se do pai, nem jantou, e foi logo deitar.
>
> No outro dia, logo cedo, o pai preocupado com a
> conta, ao acordar, pergunta ao filho pelas contas pagas.
>
> Então o filho lhe respondeu que havia comprado os bilhetes e que
> daqui dois dias o pai iria ganhar duas caminhonetes.
>
> O pai ficou uma fera! Ficou doidão, esbravejou dizendo que aquele
> era o último dinheiro que tinha para pagar as contas e como se não
> bastasse a bronca, ainda deu uma bela de uma surra em seu filho.
>
> Passados dois dias, chegou o dia do sorteio e então ao meio-dia a
> família teve uma surpresa:
>
> Estavam estacionadas em frente à casa: DUAS CAMINHONETES
> NOVINHAS!!!!RELUZENTES!!!
>
> Todos ficaram emocionados e começaram a chorar!!!!!!!!!!!!!
>
> Uma era da CEB e outra da CAESB.
>
> Cortaram a luz e a água...
>
> Vai acreditando que pobre tem sorte, vai...!

Assaltates!!!!!!!!!

ASSALTANTE BAIANO
Ô meu rei... ( pausa )
Isso é um assalto... ( longa pausa )
Levanta os braços, mas não se avexe não..( outra pausa )
Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado ..
Vai passando a grana, bem devagarinho ( pausa pra pausa )
Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado.
Não esquenta, meu irmãozinho, ( pausa )
Vou deixar teus documentos na encruzilhada .


ASSALTANTE MINEIRO
Ô sô, prestenção
issé um assarto, uai.
Levantus braço e fica ketin quié mió procê.
Esse trem na minha mão tá chein de bala...
Mió passá logo os trocados que eu num tô bão hoje.
Vai andando, uai ! Tá esperando o quê, sô?!


ASSALTANTE CARIOCA
Aí, perdeu, mermão
Seguiiiinnte, bicho
Tu te fu. Isso é um assalto .
Passa a grana e levanta os braços rapá .
Não fica de caô que eu te passo o cerol....
Vai andando e se olhar pra tras vira presunto


ASSALTANTE PAULISTA
Pô, meu ...
Isso é um assalto, meu
Alevanta os braços, meu .
Passa a grana logo, meu
Mais rápido, meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pra
comprar o ingresso do jogo do Corintian, meu . Pô, se manda, meu


ASSALTANTE GAÚCHO
O gurí, ficas atento
Báh, isso é um assalto
Levanta os braços e te aquieta, tchê !
Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê.
Passa as pilas prá cá ! E te manda a la cria, senão o quarenta e quatro fala.


ASSALTANTE DE BRASILIA
Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer que no final do mês, aumentaremos as seguintes tarifas:
Energia, Água, Esgoto, Gás, Passagem de ônibus, Imposto de renda, Lincenciamento de veículos, Seguro Obrigatório, Gasolina,
Álcool, IPTU, IPVA, IPI, ICMS, PIS, COFINS...

Caminhos...

São muitos os caminhos... Caminhos tranquilos, plenos de flores, transitados sem problemas nem esforço.
Caminhos tortuosos, difíceis, cheios de pedregulhos, de aspereza e dificuldades.
Caminhos fáceis que conduzem a abismos profundos, como gargantas abertas no verde da selva.
Caminhos desconhecidos, que conduzem a alturas imensuráveis, margeando a montanha.
Caminhos de lama, após a chuva torrencial. Caminhos áridos, na terra castigada pelo sol ardente.
Caminhos ásperos, cheios de ervas daninhas e espinheiros. Caminhos curtos. Caminhos longos.
Em verdade, todos os caminhos têm algo em comum: o de permitirem ao viajante chegar a algum lugar.
Assim, o mais importante não é escolhe-lo por sua beleza, facilidade ou comprimento. O mais importante é saber onde se pretende chegar.
Na Terra, todos andamos por várias vias: as da comodidade, dos prazeres, das facilidades. São os caminhos curtos, fáceis e que conduzem o ser às bocas escancaradas dos abismos das paixões.
Existem aqueles que, de forma egoísta, preferem caminhar solitários e se perturbam após exaustiva marcha.
Os maus seguem trilhas suspeitas e se perdem em sombras.
Os que se afeiçoam ao bem seguem os caminhos da esperança e se iluminam. São vias de dificuldades, de tormentos e de dissabores. Caminhos espinhosos e difíceis, mas que dão acesso a portos de paz.
São eles que permitem ao homem alcançar as paragens superiores do bem que nunca morre e do amor que sempre dura.
Os servidores da caridade escolhem roteiros de ação constante pelo bem ao próximo e alcançam lugares de ventura.
A opção é individual e cada um a realiza de acordo com os sonhos e ideais acalentados na alma e os valores que carregue em sua intimidade.
Alcançar a felicidade breve e fugaz ou conquistar a alegria perene é decisão pessoal.
Na diversidade de tantos rumos, os homens se perturbam ou se tornam livres.
Contudo, não há ninguém que siga pelos caminhos de Jesus e que não deixe de alcançar o fim que almeja: a felicidade integral.
Hoje como ontem, Jesus, o Mestre incomparável, prossegue convidando o Seu rebanho, desejando atrair todos para Si.
O Seu convite perene é para que nos acerquemos Dele usufruindo de paz, alcançando a esperança e trabalhando sempre.
* * *
Ante a falta de tempo de que tanto reclamamos, face aos inúmeros quefazeres do dia-a-dia, é necessário parar para revisar e repensar Jesus.
Retornar aos Seus caminhos e percorrê-los com ternura é tarefa inadiável ao ser humano.
Assim procedendo, com certeza haveremos de experimentar o calor da Sua presença e a presença do Seu amor.
Ninguém há que possa prescindir de Jesus, escolher outros caminhos e ser feliz.

Redação do Momento Espírita com base no prefácio do livro
Pelos caminhos de Jesus, pelo Espírito Amélia Rodrigues,
psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.
Em 20.05.2010.

Os cinco mandamentos de Maurício Hirata, clínico geral.

1-Arrume um espaço na agenda para fazer ginástica, como o horário do almoço.
2- Coma alimentos saudáveis. Se for o caso, leve a comida de casa.
3- Ponha um comedouro para pássaros na janela de sua casa ou apartamento e observe os movimentos dos animais. "É excelente para relaxar".
4- Não perca muito tempo de seu dia no trânsito. Se você mora longe do trabalho, mude-se para mais perto.
5- Deixe a janela do quarto entreaberta se você tem dificuldade em acordar de manhã. A luz ajuda o cérebro a perceber que já é dia.

Os cinco mandamentos de Tânia Rodrigues, nutricionista.
1-Acostume-se a beber mais água. Deixe uma garrafa de meio litro sobre a mesa de trabalho e outra dentro do carro.
2- Inclua pelo menos três frutas na alimentação diária. Elas garantem quantidades mínimas de vitaminas, fibras e minerais, que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer.
3- Não saia de casa sem se alimentar. Se sua refeição for apenas um cafezinho, pelo menos acrescente um pouco de leite à xícara.
4- O jantar deve ser a refeição mais leve do dia. Se você tem mais fome à noite, faça um esforço e coma menos nesse horário. O corpo se acostumará e você terá mais apetite de manhã.
5- Coma uma pequena porção de algum alimento rico em carboidrato trinta minutos antes das atividades físicas. Isso vai melhorar seu rendimento.

MADRE TEREZA DE CALCUTÁ FALA SOBRE O MAU HUMOR!

Quanta gente mal-humorada entre os cristãos da atualidade! Como precisamos resgatar a alegria de servir, o sorriso e a felicidade de sermos representantes do Reino entre os representantes do mundo.
Quantos cristãos, de todos os segmentos do cristianismo, pretendem se iludir pensando que ser religioso, que seguir a Cristo é ser mal-humorado. Baniram de seus Evangelhos as festas de que participou Jesus; tiraram das páginas sagradas as criancinhas com as quais ele se envolveu e que amou, com sua natural alegria e espontaneidade. Onde, o sorriso? Onde, a alegria? Onde, os cânticos de louvor, de gratidão, de comemoração à ressurreição?
Talvez tenhamos aprendido a valorizar bem mais o sofrimento do calvário que a beleza da ressurreição.
( ... )
Tem gente que pretende ser representante da boa-nova de Cristo, mas que só consegue ver o lado negativo do mundo, das religiões e da própria vida.
( ... )
Há aqueles que, mesmo ao lidar com as questões mais triviais, reclamam diante de quaisquer obstáculos ou perante a ação de um companheiro.
( ... )
Vejo como as pessoas mal-humoradas sempre encontram um motivo, algo ou alguém que lhes sirva de alvo às reclamações.
( ... )
Cristo surgiu pregando uma boa nova em meio a festejos de casamentos, em festas religiosas e familiares, envolvendo-se com criancinhas fogosas e comendo e bebendo junto ao povo.
( ... )
Hoje, muitos que julgam servir a Cristo estampam tal rabugice em suas atitudes que transformam a obra a que se dedicam num serviço oneroso e opressivo. Meus Deus, que fizemos com a mensagem de alegria do Evangelho? Os primeiros cristãos quando eram levados ao circo romano, caminhavam entre os leões cantando e regozijando-se...
( ... )
Durante meu ministério junto aos meus pobres, seja nos arredores de Calcutá ou em outros recantos obscuros do mundo, presenciei pessoas realmente pobres e sem nenhuma instrução, sem nenhuma esperança de melhora de sua condição social, a cantarem, sorrirem e com os olhos brilhando de alegria, uma alegria que era sobremodo contagiante ( ... ) incontáveis vezes observei lavadeiras em estado lamentável a esfregar suas poucas e rotas roupas em meio a cânticos alegres ( ... ) Junto a mendigos, enfermos e pessoas desiludidas devido ao câncer e à aids, eu os ouvi arrancar de dentro de seu espírito uma força que jamais veria em seus corpos, para então surpreenderem-me a sorrir e entoar canções ( ... ) assisti uma pessoa na hora da morte, alegre, me mostrando o por do sol ( ... ) Ele foi um dos que encontrei de braços abertos e sorriso amplo nos lábios, tão logo me vi fora do corpo.
Procuro imaginar meios de resgatar a alegria em nossos encontros, de enfatizar os aspectos felizes, alegres e bem-humorados da vida. Podemos e devemos ressaltar esse aspecto da pregação e da vida de jesus, educando os cristãos a verem a ressurreição, ao invés da morte, a cura e a libertação, em vez da lepra. Estimular a valorização das obras beneméritas, em detrimento da miséria; fomentar a visão daquilo que denominamos de fim do mundo mais como esperança de reconstrução que como destruição.
( ... )
(... ) PODEMOS REEDUCAR NOSSAS MENTES A VIVER COM QUALIDADE E HUMOR, COM MAIS ALEGRIA, PERCEBENDO O LADO BOM DE CADA COISA, DE CADA PESSOA ( ... ) HÁ SEMPRE UM PERFUME ESCONDIDO, UM LÍRIO NO PÂNTANO, UMA BELEZA DISFARÇADA.

Extraído do livro " A FORÇA ETERNA DO AMOR " de Madre Tereza de Calcutá

terça-feira, 4 de maio de 2010

DIÁRIO DE UM CÃO

1a semana - Hoje completei uma semana de vida. Que alegria ter chegado a este mundo !

1 mês - Minha mamãe cuida muito bem de mim. É uma mãe exemplar !

2 meses - Hoje me separaram de minha mamãe. Ela estava muito irrequieta e, com seu olhar, disse-me adeus. Espero que a minha nova família humana " cuide tao bem de mim como ela o fez.

4 meses - Cresci rápido; tudo me chama a atenção. Há várias crianças na casa e para mim são como " irmaozinhos ". Somos muito brincalhões, eles me puxam o rabo e eu os mordo de brincadeira.

5 meses - Hoje me deram uma bronca. Minha dona se incomodou porque fiz "pipi" dentro de casa. Mas nunca me haviam ensinado onde deveria fazê-lo.Além do que, durmo no hall de entrada. Nao deu para aguentar.

8 meses - Sou um cão feliz! Tenho o calor de um lar; sinto-me tão seguro, tão protegido... Acho que a minha família humana me ama e me consente muitas coisas. O pátio é todinho para mim e, às vêzes, me excedo, cavando na terra como meus antepassados, os lobos quando escondiam a comida. Nunca me educam. Deve ser correto tudo o que faço.

12 meses - Hoje completo um ano. Sou um cão adulto. Meus donos dizem que cresci mais do que eles esperavam. Que orgulho devem ter de mim!

13 meses - Hoje me acorrentaram e fico quase sem poder movimentar-me até onde tem um raio de sol ou quando quero alguma sombra. Dizem que vão me observar e que sou um ingrato. Não compreendo nada do que está acontecendo.

15 meses - Já nada é igual... moro na varanda. Sinto-me muito só. Minha família já não me quer! As vêzes esquecem que tenho fome e sede. Quando chove, não tenho teto que me abrigue...

16 meses - Hoje me desceram da varanda. Estou certo de que minha família me perdoou. Eu fiquei tão contente que pulava com gosto. Meu rabo parecia um ventilador. Além disso, vão levar-me a passear em sua companhia! Nos direcionamos para a rodovia e, de repente, pararam o automóvel. Abriram aporta e eu desci feliz, pensando que passaríamos nosso dia no campo. Não compreendo porque fecharam a porta e se foram. "Ouçam, Esperem! "lati...se equeceram de mim... Corri atrás do carro comtodas as minhas forcas. Minha angústia crescia ao perceber que quase perdia o fôlego e eles não paravam. Haviam me esquecido !

17 meses - Procurei em vão achar o caminho de volta ao lar. Estou esinto-me perdido!No meu caminho existem pessoas de bom coração que me olham com tristeza e me dão algum alimento. Eu lhes agradeço com o meu olhar, desde o fundo deminh'alma. Eu gostaria que me adotassem: seria leal como ninguém!Mas somente dizem: " pobre cãozinho, deve ter se perdido. "

18 meses - Um dia destes, passei perto de uma escola e vi muitas criancas ejovens como meus "irmãozinhos ". Me aproximei e um grupo deles, rindo, mejogou uma chuva de pedras "para ver quem tinha melhor pontaria". Uma dessaspedras, feriu-me o olho e desde então, não enxergo com ele.

19 meses - Parece mentira. Quando estava mais bonito, tinham compaixão demim. Já estou muito fraco; meu aspecto mudou. Perdi o meu olho e as pessoasme mostram a vassoura quando pretendo deitar-me num pequena sombra.

20 meses - Quase nao posso mover-me! Hoje,ao tentar atravessar a rua poronde passam os carros, um me jogou ! Eu estava no lugar seguro chamado"calçada ", mas nunca esquecerei o olhar de satisfação do condutor, que atése vangloriou por acertar-me. Oxalá me tivesse matado! Mas só me deslocouas cadeiras!A dor e terrível! Minhas patas traseiras não me obedecem e comdificuldade arrastei-me até a relva, na beira do caminho.Faz dez dias que estou embaixo do sol, da chuva, do frio, sem comer.Já não posso mexer-me!A dor é insuportável ! Sinto-me muito mal; fiquei numlugar úmido e parece que até o meu pelo esta caindo...Algumas pessoas passam e nem me veem; outras dizem: "não chegue perto".Já estou quase inconsciente; mas alguma força estranha me faz abrir osolhos.A doçura de sua voz me fez reagir."Pobre cãozinho, olha como te deixaram ",dizia... junto com ela estava um senhor de avental branco. Começou atocar-me e disse: "Sinto muito senhora, mas este cão já não tem remédio. "Émelhor que pare de sofrer". A gentil dama, com as lágrimas rolando pelorosto, concordou. Como pude, mexi o rabo e olhei-a, agradecendo-lhe que me ajudasse adescansar.Somente senti a picada da injeção e dormi para sempre, pensando em porquetive que nascer se ninguem me queria...

Amigos, a solução não é abandonar um cão na rua, mas sim educá-lo.Nãotransforme em problema tão grata companhia.Ajude a abrir a consciência dos ignorantes e, assim, poder acabar com osmaus tratos aos animais, especialmente com o problema de cães de rua.

Repasse esta mensagem a quantas mais pessoas puderes.

Não custa nada !!!

Se repassar uma piada é fácil, nada te custa repassar esta mensagemaltamente humanitária.

O potencial de cada um!!!

Conta-se que, certa vez, os animais de uma floresta que estava sendo devastada pelos homens se reuniram para discutir os seus problemas.
Decidiram, após amplos debates, que a coisa mais importante a fazer seria criar uma escola.
Organizaram um currículo que objetivava desenvolver as habilidades de voar, saltar, nadar, correr e escalar. Todas consideradas necessárias e importantes para quem vive em uma floresta.
No entanto, apesar de terem utilizado métodos muito avançados, o desempenho dos alunos não foi dos melhores e a maioria conseguiu apresentar rendimento satisfatório em apenas uma ou duas habilidades.
O pato foi excelente em natação mas apenas razoável em voos e péssimo em corridas.
Para melhorar em corrida treinou tanto que gastou suas patas e não conseguiu nadar como antes, baixando seu aproveitamento em natação.
O coelho, que vinha se destacando em corrida, desde o início do curso, acabou sofrendo um colapso de tanto se esforçar para melhorar em natação.
A capivara, que nadava e corria muito bem, acabou se esborrachando ao tentar voar. O susto foi tão grande que ela ficou traumatizada e não conseguiu mais nem correr, nem nadar.
Os pássaros, por sua vez, protestaram, desde a criação da escola, porque a habilidade de cantar não estava incluída no currículo.
Para eles, o canto era de importância fundamental para a qualidade de vida na floresta.
Quando o currículo todo foi dado, o único animal que concluiu o curso e fez o discurso de formatura foi a enguia.
Não que ela tivesse maiores habilidades. Em verdade, ela não se esmerara em nada e conseguira fazer um pouco de todas as matérias mais ou menos pela metade.
* * *
Com certeza, ao imaginarmos uma capivara tentando voar ou um coelho se dedicando à natação, rimos da história.
Mas, se olharmos ao nosso redor, vamos nos dar conta de que, por vezes, agimos exatamente como os animais da escola da floresta.
É quando tentamos considerar todas as pessoas iguais, destruindo o potencial da criatura de ser ela mesma.
Assim é quando, na posição de pais, insistimos com nosso filho para que siga determinada profissão.
Ele adora dançar mas nós lhe dizemos que isso não lhe conferirá uma carreira de sucesso e insistimos para que abrace a profissão que toda a família segue.
Até mesmo porque ele deve dar continuidade à tradição ou assumir o negócio da família, logo mais.
Por isso é que algumas empresas de tradição, em determinado momento, passando a ser administradas por quem não tem potencial nem vontade para o tipo de negócio, acabam por desaparecer.
Ou então, a pessoa desenvolve as habilidades que lhe são exigidas, mas nunca será um profissional de qualidade. Isso porque não ama o que faz.
E se transformará em uma criatura frustrada, infeliz, sempre reclamando de tudo e de todos.
Pensemos nisso e passemos a valorizar mais a habilidade e o potencial de cada um.
Lembremos que a natureza é tão exuberante exatamente pelas diferenças que apresenta nos reinos mineral, vegetal, animal onde cada um é especial e desempenha, na Terra, a missão que o Divino Criador lhe confiou.

Redação do Momento Espírita, com base na fábula Para gente de escola,
de George H. Reavis, traduzida por Terezinha Gomes Lankenau,
disponível no site www.metaforas.com.br e no artigo A escola animal,
disponível no site www.palavrasdeosho.com.
Em 29.04.2010.